Rejunte colorido na decoração: 3 dicas para utilizá-lo nos ambientes

Essencial na qualidade de um revestimento, o rejunte serve para unir peças de cerâmica aplicadas em paredes e pisos. Preenchendo os espaços entre elas, às vezes eles são vistos como mero detalhe. Porém, acredite: o rejunte pode fazer uma grande diferença no ambiente. 

Para mostrar isso, o rejunte colorido vem ganhando seu espaço na decoração e é sobre ele que falaremos aqui. Confira três dicas de como utilizá-lo: 

 

1. Pense no seu objetivo

Atualmente, é possível encontrar diversas cores de rejunte colorido no mercado. Logo, é fácil se empolgar com a variedade. Mas para não correr o risco de optar por uma cor que não se conecte com o ambiente é preciso ter cautela. 

Portanto, a primeira coisa que você deve fazer é pensar no objetivo que deseja alcançar. Quer trazer mais colorido para o espaço? Valorizar a cerâmica? Aumentar a sensação de amplitude? Entenda que a cor selecionada também cumprirá uma função. Então, faça a sua escolha pensando nisso. 

Se, por exemplo, o seu desejo for dar um toque mais moderno ao local, o rejunte colorido, aplicado em materiais como o vidro e a cerâmica, é uma ótima alternativa. 

Já se você quiser aumentar a sensação de amplitude no espaço, o ideal é escolher uma cor de rejunte que seja igual, ou próxima, à cor do revestimento usado no ambiente.

Por fim, lembre que o contraste chama mais atenção para as peças do revestimento, enquanto a uniformização chama atenção para o ambiente por completo. 

 

2. Considere o local de aplicação

Uma das considerações mais importantes a serem feitas na hora de escolher o rejunte é o local em que ele será aplicado. Sim, isso não importa só para saber o tipo de rejunte a ser escolhido, mas também para a cor. A área selecionada ficará exposta à sujeira ou umidade? Ele será aplicado no piso ou na parede? 

Se o rejunte colorido for ser utilizado no piso ou em um local com exposição à poeira, a melhor coisa a fazer é escolher cores mais escuras. Elas ajudarão a disfarçar futuras manchas. Caso contrário, você provavelmente terá que limpar o rejunte mais vezes do que gostaria. 

Então, outro cuidado que se deve ter são com os ambientes úmidos. Para esses locais, a melhor opção é um rejunte colorido com propriedades impermeabilizantes e antimofo.

Ainda assim, independente da cor escolhida, o ideal é fazer limpezas regulares. 

 

3. Faça testes

Por fim, fica a recomendação: teste! Assim como no caso das tintas, as tonalidades de rejunte podem apresentar variação quando comparadas com as apresentadas na embalagem. 

Portanto, não corra o risco de obter um resultado indesejado. Veja a possibilidade de pedir uma amostra ao vendedor e teste o rejunte em uma pequena área. Dessa maneira você saberá se ele é a escolha certa. 

Pegou nossas dicas? Então você aprendeu o que fazer na hora de escolher a cor do rejunte. Se gostou deste artigo, compartilhe! Também não deixe de conferir outras dicas deste blog para decorar o seu apartamento.


2019-11-06T18:22:13+00:00