Manual do proprietário: entenda a importância de consultar o documento

Mulher lendo kindle e-book manual do proprietário

Foto: Reprodução / Pixabay

Quando você faz uma compra, provavelmente o produto adquirido virá com instruções de uso. Há quem ache aquele amontoado de informações uma perda de tempo, mas a verdade é que o que está escrito no manual do proprietário te ajuda a utilizar o produto da melhor forma.

Com seu imóvel não seria diferente: se você não utilizar o seu imóvel de forma consciente, deverá fazer manutenções e reformas muito antes do planejado. Por isso é tão importante saber e entender o que está nas páginas de um manual. Além de facilitar a vida do comprador do imóvel, ele também ajuda a evitar transtornos no condomínio.

 

Por que é importante ler o manual do proprietário?

Consultar frequentemente o manual do proprietário é uma forma de prevenir muitas dores de cabeça.
O manual do proprietário deve orientar o cliente no uso correto do imóvel. Afinal, ele contém instruções para lidar reformas e manutenções, por exemplo. Por isso, caso seja necessário trocar um piso, revestir uma parede ou consertar algum encanamento, o manual irá informar quais materiais podem ser utilizados e o que pode ser prejudicial à estrutura.

Isso porque, no documento, constam as cópias dos projetos que foram utilizados na construção do edifício. Dessa forma, a parte estrutural, arquitetônica e elétrica, por exemplo, estão anexadas no manual. Isso evita que eventuais reformas não fujam do padrão estabelecido pela construtora. Além disso, o documento também inclui os direitos e deveres do cliente e da empresa. Portanto, tudo que diz respeito às incumbências de cada parte está disponível para
consulta no manual.

Como foi possível perceber, o manual do proprietário é um documento importante para a manutenção preventiva de um prédio. Portanto, consultá-lo é uma atividade essencial para a conservação de um apartamento. Além de garantir que o bem esteja em boas condições de uso, essa prática proporciona maior economia ao proprietário. Afinal, ele ajuda a evitar ocorrência de problemas que necessitarão de reformas caras.

 

O que acontece quando não sigo o manual do proprietário?

Negligenciar ou não seguir esses parâmetros definidos pela norma e presente nos manuais pode comprometer a segurança e salubridade do prédio. Consequentemente, a qualidade de vida dos usuários e a estrutura do prédio ficam ameaçadas, causando gastos com reparos além do necessário e pondo os moradores em situação de risco.

Viu por que é importante consultar frequentemente o manual do proprietário? É através dele que você garante economia e dores de cabeça em várias questões ligadas ao seu imóvel, seja ele um apartamento ou qualquer outro tipo. Agora que você já sabe de sua importância, utilize-o sempre que necessário.


Se você gostou desse artigo, pode encontrar uma série de conteúdos voltados à preservação e manutenção de um imóvel em nosso blog. Acesse-os e evite problemas! Além disso, se quiser receber as novidades da V2 Construções, assine nossa newsletter!

2019-07-08T18:07:34+00:00