Consumo consciente: 3 atitudes boas para seu bolso e para o planeta

Você sabe o que é consumo consciente? Já parou para analisar suas práticas de consumo? Adquirir algo que desejamos pode trazer uma sensação de prazer e satisfação. No entanto, é preciso tomar cuidado para que isso não impulsione um consumo desenfreado, fazendo mal tanto para o seu bolso quanto para o planeta. 

Então, se você deseja analisar seus hábitos de compra e saber mais sobre esse assunto, é só prestar atenção às nossas dicas. Confira!

Consumo consciente - mulher escolhendo roupa

Foto por Getty Images

O que é o consumo consciente?

Antes de ir para as dicas, nós gostaríamos de saber: você sabe o que é consumo consciente? Bom, trata-se basicamente da busca por hábitos de consumo mais saudáveis. Ele implica em pensar mais no que você está comprando e por qual motivo está comprando. O objetivo é consumir menos e de maneira mais responsável.

Além disso, ele parte da compreensão de que não existe “fora” no planeta. Ou seja, quando você descarta algo está contribuindo para o aumento de lixo dentro do planeta. 

Logo, uma das soluções para isto é comprar menos, analisando se você realmente precisa daquilo que está considerando possuir. Ao fazer isso, você reduzirá o desperdício e ainda economizará dinheiro. Uma ótima proposta, não?

Três atitudes que contribuem para o consumo consciente:

1. Planeje suas compras

Nossa primeira sugestão de atitude para ter hábitos mais responsáveis de consumo é de que você planeje suas compras. Ou seja, evite comprar por impulso. Ao invés de fazer isso, faça uma lista e vá colocando nela as coisas das quais você está precisando. E ao ir às compras, procure se ater à lista. Dessa forma você comprará menos e ainda assim terá o que precisa. 

Além disso, se permita separar um tempo para pensar antes de realizar uma compra. Muitas vezes, algo que pensamos querer muito pode acabar se revelando não tão desejável quando passamos um tempo considerando se compramos ou não. 

Por fim, ainda dentro dessa questão do planejamento, busque se programar também financeiramente. Estipule limites para os seus gastos! Assim, você também provavelmente diminuirá as compras por impulso. 

2. Organize, avalie e reaproveite o que você já tem 

A organização pode ser uma grande auxiliadora do consumo consciente. Isso porque quando nossas coisas estão organizadas costumamos ter mais noção do que possuímos. E, dessa forma, evitamos correr o risco de comprar algo que já temos. 

Sendo assim, nossa segunda sugestão de atitude é para que você organize regularmente seus pertences e avalie o estado de cada um deles. Pois, ao fazer isso, você estará sempre ciente do que tem. Ademais, reaproveite

Por exemplo, no lugar de comprar uma roupa nova, que tal dar uma mais uma chance para aquela roupa em perfeito estado que você tem mas já não usa há um bom tempo? Não é uma má ideia, certo?

3. Compre de empresas que possuem responsabilidade social 

Por fim, mas não menos importante: na hora de comprar, escolha empresas que possuam responsabilidade social. Inclusive, dê preferência para pequenos negócios locais. 

Desse jeito você incentiva os pequenos produtores da sua cidade. E ainda contribui para a manutenção de empresas socialmente responsáveis, que produzem em pequena escala e respeitando o meio ambiente. 

Gostou das dicas? Se sim, continue acompanhando o nosso blog e leia mais textos como esse! Além disso, preencha o formulário abaixo e receba nossas novidades em primeira mão.

2021-01-12T16:18:10-03:00