Compra de imóvel: por que este é o melhor momento para investir?

Compra de imóvel: por que este é o melhor momento para investir?

A compra de imóvel é um passo importante na vida de qualquer pessoa. Pelo fato de ser uma compra de longo prazo, é preciso pensar bem antes de adquirir um apartamento ou qualquer outro tipo de empreendimento.

Portanto, uma questão que fica na dúvida das pessoas que cogitam em investir na compra de imóvel é: será que esse é o momento certo? Neste post, te mostraremos por que o cenário atual da economia brasileira está favorável para essa conquista. Confira!

 

REDUÇÃO DE JUROS

De acordo com o portal InfoMoney, site especializado em economia, o mercado imobiliário está em momento bastante favorável. Isso por que a Caixa Econômica Federal (CEF) reduziu 8,75% os juros para crédito imobiliário. Essa decisão engloba imóveis que fazem parte do Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI) e vale para imóveis de até R$ 1,5 milhão. O intuito dessa estratégia é fazer com que o segmento acompanhe a taxa básica de juros (Selic) e fazer com que o mercado da área retome seu crescimento.

Além disso, o Banco Central estima injeção de R$ 80 bilhões nos próximos seis anos em compra de imóvel. Isso por que o Conselho Monetário Nacional (CMN) mudou a forma de direcionar os 65% dos valores depositados em poupanças. Antes, esse valor era destinado também para operações de aquisição de títulos imobiliários. Porém, o montante será destinado apenas para aquisição, reforma e ampliação de imóveis.

 

Leia também: O que um apartamento ideal para a família deve possuir?

 

DIMINUIÇÃO DA VACÂNCIA

Entrega de chave compra de imóvel

Foto: Reprodução

Ainda de acordo com o portal InfoMoney, mesmo com a instabilidade do cenário político atual, a procura por apartamentos têm aumentado. Contudo, a procura ainda não foi suficiente para aumentar o valor dos imóveis. Dessa forma, o momento atual se configura em um excelente período para a compra de imóvel. Para o head de análise de fundos imobiliários da XP Investimentos, Gustavo Bueno Garcia, “essa é a transformação de um mercado de inquilinos em um mercado de proprietários”.

Outra questão analisada pelo especialista é a diminuição da entrega de metros quadrados construídos.  Por exemplo: em São Paulo, as entregas ficaram em 300 mil metros quadrados entre 2014 e 2016. Porém, a perspectiva de edifícios prontos deve ficar entre 70 e 100 mil metros entre 2020 e 2021. Isso fará com que a quantidade de pessoas buscando um apartamento seja maior do que a disponibilidade de espaços, o que encarecerá significativamente o valor dos imóveis.

 

Leia também: O que você precisa saber sobre financiamento imobiliário?

 

Confira as notícias completas clicando aqui e aqui.

Viu por que este é um momento propício para a compra de imóvel? Então não perca tempo, comece o quanto antes a procurar o seu imóvel e mude de vida! Confira também os lançamentos e entregas recentes da V2 Construções.

2018-09-18T18:00:12+00:00